terça-feira, 22 de novembro de 2016

Notebook gamer da Acer acerta com desempenho alto e tela de 17 polegadas.

terça-feira, 22 de novembro de 2016 - by Portal G2 Noticia e Entretenimentos 0

O Acer Predator 17 tem lançamento no Brasil com um desafio grande: conquistar o público gamer, mesmo com o preço sugerido de R$ 13.999. Para alcançar esse feito, a fabricante investe em visual detalhista, performance alta e ferramentas extras que contribuem para o bom funcionamento do PC.
Confira o review do TechTudo para o Dell Inspiron 15
Ainda assim, a dúvida sobre comprar ou não o notebook pode persistir, justamente porque o aparelho tropeça nos mesmos problemas que outros laptops gamers no Brasil, como peso, tamanho e, claro, preço. Para saber se vale a pena levar o Predator 17 para casa, confira o review do TechTudo.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 teve lançamento no Brasil em 2016 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)

Design e tela

Com corpo preto e detalhes vermelhos, o Predator 17 deixa claro, visualmente, que não é um notebook convencional. Isso começa pelo tamanho do computador (3,97 x 42,3 x 32,15 cm), que é bem grande e deve caber em poucas mochilas. Mesmo que o tamanho não fosse um problema, o peso do notebook não faz dele muito portátil. Com 4 kg, o Predator não promete ser muito fácil de carregar para outros lugares, ou seja, quem comprar o aparelho, provavelmente, fará o uso parecido com o de um desktop.
Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular
Sobre o visual, a Acer investiu em revestimento emborrachado para o PC, o que dá certa resistência ao notebook, mas também aumenta a possibilidade de marcas de digitais e sujeira. Não é raro encontrar, por exemplo, marcas de dedos pelo aparelho.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 tem design rústico e tamanho grande (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
Além de mais resistente, a textura fosca do notebook da Acer deixa o visual mais bruto, lembrando o design de naves espaciais do cinema. Nesse sentido, é possível perceber um cuidado estético com o laptop, que tem luzes vermelhas em torno do touchpad, na parte traseira e até mesmo no teclado, que permite trocar de cor, como ocorre em boa parte dos PCs gamers à venda.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 tem grades largas para ventilação (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
Quanto à tela, quase não há pontos negativos. O display tem tamanho de 17 polegadas e resolução Full HD (1902 x 1080 pixels), do tipo Active Matrix TFT Color LCD, o que serve para apresentar cores mais vivas, menos reflexos na tela e mais conforto para os olhos do usuário. Essa combinação entrega uma experiência de uso excelente.

Desempenho e armazenamento 

Para compensar o preço alto e, obviamente, ser capaz de jogar games com alto desempenho, o Acer Predator 17 tem hardware muito potente, com especificações como memória RAM DDR4 de 16 GB, processador Intel Core i7-6700HQ e placa de vídeo GeForce GTX 980M - um dos modelos de placa gráfica mais avançados atualmente -, armazenamento de 128 GB SSD e 1 TB HDD e driver Blu-Ray.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 conta com tela de 17 polegadas (Foto: Divulgação/Acer)
Essa ficha técnica, na prática, oferece o que promete, seja com games ou nas tarefas básicas, como Microsoft Office, Microsoft Edge e GoogleChrome. Nos testes do TechTudo, o Predator 17 rodou, por exemplo, o jogo Batman: Arkham Knight (2015) sem travamentos, engasgos, problemas de imagem ou jogabilidade.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17: notebook tem conexões de vários tipos (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
A surpresa, contudo, foi que o laptop gamer conseguiu rodar a demo de Outlast 2 com perfeição, mesmo com as configurações no máximo. O hit do Red Barrels Studio tem gráficos exigentes e ocupa mais de 7 GB do armazenamento, somente com a versão de testes. Ainda assim, o notebook cumpriu o trabalho, tanto pelo som - com alto-falantes Dolby Audio poderosos -, pela imagem e pela velocidade dos comandos. É importante ressaltar, no entanto, que foi possível notar um maior esforço do cooler para manter o equipamento refrigerado durante a jogatina.

Outlast 2 (Foto: divulgação)Demo de Outlast 2 rodou sem problemas no Predator 17 (Foto: Divulgação/Red Barrels Studio)
Com Windows 10 Home como sistema operacional, o Predator 17 tem bom funcionamento, mesmo que não seja possível notar uma grande diferença de uso em tarefas mais triviais, como em browsers. Em três semanas de testes, houve um momento em que o Microsoft Edge congelou a tela, mas, aparentemente, foi uma questão do software, e não do desempenho do hardware. Com isso, na maioria das vezes, o uso do cooler extra que acompanha o notebook é dispensado.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 chega com Windows 10 Home (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
A Acer afirma que a bateria de 6.000 mAh tem duração de até sete horas. Normalmente, a carga do Predator 17 dura algo em torno de oito horas, principalmente com otimizações de economia de bateria. No entanto, esse tempo de duração da bateria cai bastante ao rodar jogos, o que é um comportamento normal, uma vez que esses softwares exigem mais dos componentes internos do computador, e, logo, consomem mais energia.

Recursos

Além do design robusto e da performance de alto nível, o Acer Predator 17 conta com recursos dedicados a jogadores, mas que não deixam de agradar aos usuários mais básicos. Uma dessas ferramentas é o Killer DoubleShot, que permite gerenciar os aplicativos que vão ter uma porção maior do uso da internet banda larga, o que é ideal para games, mas que também pode ser útil para assistir a vídeos no Netflix ou YouTube. O notebook conta também com teclado personalizável, com direito a 16 milhões de cores para iluminar as teclas.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 tem teclado iluminado (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
Entre as características especiais do modelo, uma das mais interessantes é a tecnologia DustDefender, que alterna as direções do fluxo de ar e impede que a poeira se acumule dentro do equipamento. O sistema existe porque o PC tem grades expandidas, na traseira e na dianteira, para garantir melhor ventilação.

Vale a pena comprar?

O Acer Predator é um bom computador e tem tudo para satisfazer quem pretende investir muito tempo em jogos. No entanto, o preço alto do notebook (R$ 13.999) pode assustar quem não está acostumado com o mercado gamer, ou seja, o dispositivo é mais indicado para jogadores profissionais ou, pelo menos, pessoas que têm muito interesse por games.
Acer Predator 17 (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Acer Predator 17 conta com um cooler extra de fácil instalação (Foto: Caio Bersot/TechTudo)
Para um usuário intermediário, que deseja apenas um PC potente, o aparelho não é recomendado, afinal, é possível encontrar modelos de laptops mais portáteis que o Predator por preços abaixo dos R$ 5.000 ou até R$ 3.000. A questão da portabilidade, inclusive, é decisiva para quem decidir comprar o PC da Acer. Devido ao tamanho e ao peso, o Predator 17, definitivamente, não é um notebook para carregar na bolsa.
Tabela de especificações técnicas do Acer Predator 17 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela de especificações técnicas do Acer Predator 17 (Foto: Arte/TechTudo)

0 comentários:

Traduzido por: Template para Blog